ATENÇÃO:

Poesias Registradas, quando as usar coloque os créditos, agradecido!

Poesias de uma Aberração

domingo, 24 de janeiro de 2016

Clausura







Desligar as teclas do medo
Apagar as luzes do receio
Abrir as janelas para o caos
Libertar a mente da clausura


Viajar pelas ruas próximas ao meu peito
Me perder no amor próprio do orgulho
Acabar com o niilismo do mal do século
Enquanto meu eu anseia por uma vitória

Na mais tenra idade os problemas de invejar o alheio
As fotos são momentos passageiros de uma felicidade forçada
O fracasso está na mente dos derrotados
Quebre o concreto da ilusão
Grite por um amanhecer diferente
Não pereça  nessa tempestade inesperada.

By Gevazio.

sábado, 14 de fevereiro de 2015

Carnaval

                                                       



Pessoas pulam em blocos vestindo fantasias
Pessoas comemoram por comemorar
Pessoas prometem o universo por quatro dias
Pessoas somem para sempre sem sequer avisar

Somente uma festa sem sentido algum
Somente música vindo para lugar nenhum
Somente tradições bobas misturadas com embriaguez
Somente mais um sim dentre muitos talvez


É carnaval, seja na rua ou  no escuro porão
É carnaval, um abismo sentimental de ilusão
É carnaval, tudo vai acabar na quarta
É carnaval, mesmo com o amor enfiado por uma estaca.



By Gevazio

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Inocência




O que, quando ou onde esqueci
O breve drama de minha inocência
O que meu coração levava a me sacrificar pelos outros
Quando minha gentileza chegava a pairar ingenuidade
Onde até lágrimas viravam poesias bobas
Um tempo que me orgulhava de ser manipulado
Aquele meu sorriso sem maldade
Era maravilhoso ser inocente ao olhos de minha alma
A tragédia do amor me comovia aos prantos
A pureza  me traz remorsos
Como o tempo é cruel com tudo nesse universo
Mudando até as notas da minha melhor canção
Se a chuva corrói até rochas, meu peito não é imune
Mas como é bom lembrar, dançar e sonhar
Naquela inocência que jamais voltara à mim
Mesmo  que eu relembre minhas  poesias  e músicas preferidas
Nem mesmo aquele  final de anime trágico traz de volta meu ser
Como seria bom que sentimentos não fossem corrompidos pela vida
Mas ainda tenho minhas lembranças entre meus dedos
Para poder me confortar com um simples piscar de olhos
E trazer minha singela inocência enegrecida.


By Gevazio





sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Sempre


Desde aquele adeus repentino
Sempre que falávamos nossas promessas
Jamais íamos nos separar
Mas esse sempre se tornou nunca
Sempre te vi,sempre falávamos
Agora nunca te verei,nunca mais vamos nos falar



A agonia de se pensar
Que sempre seriamos anjos
Quero morrer,quero ser como uma sepultura
Do que adianta ter algo sem poder dividi-lo??
Dor,sempre dor,sempre dor
Porque não disse que iria??
Sentimentos,sentimentos
Já os tive e agora sou essa estátua de bronze
Sempre me lembrarei daqueles dias
Mas nunca mais serei igual
Ao mesmo que você deixou esperando pra sempre na neblina





By Gevazio

Se Eu Pudesse



Se eu pudesse fazer bons momentos
Poderia não mais esquecê-los
Se eu pudesse não pensar em nada
Queria esses dias revivê-los


Se eu pudesse fazer com que você
Sentisse minha falta
Sorrisse quando me visse
Quisesse me abraçar
Seria a pessoa mais feliz
Não essa que só sabe chorar


Se eu pudesse ser como uma ave
Para poder te observar quando dormisse
Mas não tenho penas para isso
Apenas lamento essa minha impotência


Se eu pudesse te esquecer
E não imaginar mais que te amo
Mas não paro de ler
Aquelas palavras que nós trocamos


Foi breve aquele momento
Mas foi bom enquanto durou
Tive a grande sensação
Que você aquele dia me amou




By Gevazio

Ao deus que renego


Para uns és jeová,alá ou deus
Para outros és satâ,lúcifer,asmodeu
Mas tu não és nada,eu nunca te chamei!!!
Se tu existes deixa suas crias morrerem?
Deixa a miséria e ódio impregnarem este mundo?
Deixa os inocentes que pedem tua ajuda em vão?
Se existe teu reino o porque de ser após a morte?
Em teu nome gente morre,em teu nome gente mata
E o que tu fazes??Respondaaa!!!
Tu não existe,nós o criamos para ter poder
Eu o renego,mísera palavra desconexa
Mas caso eu erre e tu existas,me responda:
Porque sangro quando amo???



By Gevazio

Arrepender-se



Não me arrependo de ter gostado ,de ter te amado
Não me arrependo de não parar de amar
Lutando contra meus medos
Acordando dos meus pesadelos
Lágrimas a cair,não entendo
Sorrindo,as vezes sofrendo
Sem palavras,ao cair da noite
Eu a amo,queria estar ao seu lado
Jamais virarei as costas num adeus
Um dia a verei e meus olhos decadentes
Falarão que nunca a farei sofrer.





By Gevazio
 
©2008 por Milady Of Darkness